release background amino2.jpg

AMINOÁCIDO

A banda Aminoácido existe desde 2017, possui dois álbuns de estúdios lançados, Meticuloso (2017) e Sem Açúcar (2018) e tem o lançamento do terceiro disco de estúdio previsto para o segundo semestre de 2020. 

 

Em 2018 e 2019 realizou uma Turnê Interplanetária (financiada pelo PROMIC - Programa de Incentivo à Cultura de Londrina). Nesse projeto o grupo passou pelos Estados do Distrito Federal, Goiás, Tocantins, São Paulo, Santa Catarina e Paraná, se apresentando em festivais como Psicodália 2018 (SC) - sendo notados na imprensa especializada como um dos melhores shows do festival -, Festival Bem Ali (TO), Festival Demo Sul (PR), Festival Não Vai Ter Coca (SC) e Festival Cansei do Mainstream (SP). No carnaval de 2020, iniciaram as atividades pertencendo ao lineup do Festival Bradamundo, festival de renome, tocando ao lado de Bixiga 70 & Luiza Lian, Braza, Francisco El Hombre, Muñoz, Mulamba, entre outros. Atualmente a banda participa de um projeto de iniciação artística financiado pelo PROMIC, produzindo um documentário sonoro para rádio que conta a história da banda e da Turnê Interplanetária realizada nos anos de 2018 e 2019. 

O Rock progressivo, o funk setentista e o pop são os principais gêneros dos quais o Aminoácido se alimenta de referências. De maneira geral, a proposta artística do Aminoácido é de utilizar o humor e o nonsense como meio de transgressão desses gêneros e, assim, provocar a quebra de expectativa do público durante as performances, seja em shows ou nos discos.

 

O Aminoácido insere perturbações na forma musical e nas letras das canções com o fim de causar um efeito humorístico e caótico. Essa estratégia composicional é somada a um show exagerado e dançante, com combinações de roupas absurdas, diálogos sem sentido, enquetes relâmpago com o público, entre outras coisas. 

  • Spotify - Círculo Branco
  • Bandcamp - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Cristiano Ramos (guitarra/voz), Douglas Labigalini (bateria), João Bolognini (percussão),  Lugue

Henriques (baixo) e Thiago Franzim (guitarra/voz)

Participação especial de Clara Striquer e Mariana Leon na faixa "Xícara de Chá pra tomar Café"

Mixado e Masterizado por Thiago Franzim

Gravado no Estúdio Tapete Voador - Londrina, PR

©℗ Tapete Voador Records 2018

Cristiano Ramos (guitarra/voz), Douglas Labigalini (bateria), Lugue Henriques (baixo) e Thiago Franzim (guitarra/voz)

Mixado e Masterizado por Thiago Franzim

Gravado no Estúdio Tapete Voador - Londrina, PR

©℗ Tapete Voador Records 2017

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube

Assine a Newsletter:

Coisas de Ouvir!

© 2020 by Cristiano Ramos